Terça-feira, 24 de Fevereiro de 2015

Feliz do homem a quem Deus corrige!


1 Chama, pois, se é que alguém vai responder-te! A qual dos santos te voltarás?
2 De fato, a raiva mata o insensato e a inveja acaba com o imbecil.
3 Bem vi o insensato criar raízes, mas logo amaldiçoei sua morada:
4 Seus filhos estarão longe da felicidade, espezinhados no tribunal, sem alguém que os liberte.
5 Os famintos comerão da sua colheita, assaltantes o sequestrarão e sedentos sugarão seus bens.
6 Pois a maldade não sai do pó e a dor não se origina do chão.
7 É a pessoa que gera a fadiga, como os pássaros levantam o voo.
8 Por esse motivo rogarei ao Senhor e diante de Deus exporei minha fala.
9 Ele faz coisas grandes e misteriosas, maravilhas que não se podem contar:
10 derrama a chuva sobre a terra e com a água rega os campos;
11 é ele que levanta os abatidos e aos tristes reanima com a salvação;
12 frustra os projetos dos malvados para que não possam completar o que começaram;
13 apanha os sabidos na sua própria astúcia e faz malograr o desígnio dos perversos.
14 Estes afrontarão as trevas em pleno dia e ao meio-dia andarão às apalpadelas como de noite.
15 Assim Deus salvará, da língua cortante deles, o indigente e, da mão violenta, o pobre;
16 e haverá esperança para o indigente, enquanto a iniquidade fechará sua própria boca.
17 FELIZ O HOMEM A QUEM DEUS CORRIGE!
Feliz o homem a quem Deus corrige! Não rejeites, pois, a repreensão do Poderoso, 18 porque ele fere, mas trata da ferida; golpeia, mas suas próprias mãos curam.
19 De seis tribulações te livrará e, na sétima, o mal não te atingirá.
20 Na fome, ele te livra da morte e, na guerra, do perigo da espada.
21 Estarás a salvo do açoite da língua e não terás medo da devastação, quando chegar.
22 Na desolação e na penúria hás de rir, e dos animais selvagens não terás receio.
23 Até com as pedras do campo farás aliança e os animais selvagens serão amistosos contigo.
24 Saberás que está em paz a tua tenda e, visitando a tua propriedade, verás que nada falta.
25 Constatarás também que a tua descendência é numerosa e tua posteridade é como a erva da terra.
26 Descerás ao sepulcro ainda em teu vigor, como a colheita do trigo no tempo certo.
27 Olha que as coisas são assim, como investigamos a fundo: escuta bem, e tira proveito para ti”.


Comentário:  

“Por que coisas ruins acontecem a pessoas boas?”
A existência do Mal no universo é o problema mais sério para aqueles que crêem em DEUS. Para o adorador sincero, o sofrimento e a dor que estão em nosso mundo trazem inquietação e perplexidade.

Chega a ser surpreendente que, num mundo com tantos sofrimentos, ainda existam pessoas que continuem acreditando num DEUS amoroso e bom. Alguns dizem que são esses sofrimentos que empurram o ser humano para a fé. Mas, a verdade é que apesar do Mal as pessoas ainda se apegam ao Criador.

Esse é o paradoxo do nosso mundo: um DEUS perfeito, bondoso, com poder ilimitado. Apesar disso tudo, observamos injustiças, desastres, tragédias e desgraças.

A Palavra de DEUS tem muito a dizer sobre a dor e o sofrimento. Traz muitas explicações. As Escrituras ensinam que as pessoas não sofrem do mesmo jeito e nem pelas mesmas razões.

Há a dor como julgamento pelo pecado – Jó 4.8
Há a dor para fazer o ímpio se arrepender e ser salvo – Salmo 119.67
Há o sofrimento para disciplina até do crente – Heb. 12.7
Há o sofrimento para prevenir uma queda do salvo – 2 Cor. 12.7
O sofrimento vai promover a santificação – 1. Pedro 4.1
O sofrimento purifica a fé -1 Pedro 1.7
O sofrimento gera perseverança – Tiago 1.3
O sofrimento conduz à perfeição – Hebr. 2.10
O sofrimento nos aproxima dos que sofrem – 2. Cor. 1.4
O sofrimento nos faz semelhantes ao Senhor Jesus – 1 Pedro 4.13
DEUS não desmerece a dor e o sofrimento de seus filhos. Ele usa isso para Seus propósitos que são mais elevados. Na Palavra de DEUS encontramos explicações para o sofrimento. É suficiente substituir o “por que” por um “para que”.

Alguns exemplos de tragédias que geram sofrimento:

Chuvas e inundações provocam desabamentos e um casal perde todos os seus filhos;
A jovem que seguiu para o campo missionário é violentada por malfeitores;
Pais descobrem que seu bebê de poucos meses sofre de uma doença incurável;
Um caminhão desgovernado choca-se com um carro à porta da igreja e mata toda a família;
Um jovem que entra na universidade recebe logo um diagnóstico de leucemia;
A esposa ouve o marido dizer que tem uma amante e assim põe fim a um casamento de 20 anos;

Vem de dentro de nós um clamor: Por que? É um desabafo. É um apelo para que DEUS nos escute, para que nos socorra, para que venha sentar-se ao nosso lado. Queremos chamar a atenção do Criador! Queremos que Ele se apresente a nós e nos dê uma explicação. Fazemos isso porque queremos continuar acreditando nEle… Foi o que fez Jó…

Ezequias Costa



publicado por Rosa Soares às 15:54
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

 

.Novembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
20
21

22
23
24
25
26
27
28

29
30


.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Sim, eu quero...

. Ao homem que amo...

. The Invisible World of Wo...

. O MUNDO INVISÍVEL DE UMA ...

. The Invisible World of Wo...

. O MUNDO INVISÍVEL DE UMA ...

. Eu hoje... Sou você!

. SE EU PUDESSE VOAR

. E para quem ainda tem dúv...

. Primeira Palavra que o me...

.arquivos

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

SAPO Blogs

.subscrever feeds